HOME          ARTIST         WORKS         EXHIBITIONS/NEWS        STUDIO/LIFE       VIDEOS     CONTACT

Martinho Dias a sua obra reflete o bom observador que é nesta sociedade do sec. XXI. Muitas vezes olho para um quadro seu e vejo o tom de censura ou mesmo uma chamada de atenção para o que se passa à nossa volta. 

Manuela Taxa, 2021

J’aime beaucoup ton travail que j’ai découvert sur Artmajeur .

Alain Rouschmeyer

Muitos dos seus quadros permitem "várias viagens", mesmo para quem os tenha adquirido. Cada vez que olhamos, descobrimos outro(s) pormenor(es), outra(s) história(s).

Rui Fernando Matias Carreira, 2021

 

Admiro sua pintura e seu lugar no mundo... uma arte narrativa...documentária ...

analítica. ...questionadora... Enfim... o máximo.

Cinara Moreno, 2021

… sometimes your paintings come to my mind.

Marton Nagyivanyi, 2021

Para lá da sua Arte Pictórica, que é para mim, de longe das mais bem conseguidas dentro de um estilo em grande parte Expressionista-Figurativo, o que mais aprecio é o seu toque irónico de uma capacidade analítica ou outras vezes sintética, mas sempre com um toque voraz de uma mente atenta ao que se passa em seu redor.

José Luís Pinto, 2021

Warm shadow play, thank you for your inspirations. The photo makes your heart warm.

Stefan Löbke, 2021

Parabéns! Gosto muito do que dizes sobre a tua própria pintura!

Maria Fernanda Paulo, 2021

 

Que fixe! Adoro a tua ironia:)

Benedita Kendall, 2021

So strong emotion,expressive,gaudy colors!

Irina Sharif, 2021

É um grande Artista, o Martinho!

Artur Viana, 2021

 

Caramba, Martinho Dias, é lindo de ver!!! Repito: "são muitos anos a virar frangos", se me permite a expressão popular. Parabéns! Adorei ver o processo. Brinca com isso. Até parece fácil. :):):)

Rui Fernando Matias Carreira, 2021

Martinho, sinto-me grato por publicar as suas obras, nos grupos que fundei. A sua obra ao demarcar-se de um certo situacionismo, revela esperança e dias melhores no contexto da arte em Portugal. 

Henrique Velez, 2020

Demoro-me sempre nos teus quadros.

Completamente rendido à tua pintura.

Ivo Machado, 2020

Excellent and fascinating artwork!

Erika Schuster, 2020

Não vou perder esta exposição [Trigguer]! Maravilhoso e com o sentido de humor que me agrada!

Maria Santiago, 2020

Martinho, your new works are amazing and very inspiring! All the best and stay safe!

Amaresh Pereira, 2020

Superb! Love your art, Martinho Dias.

Rosie L M Art, 2020

Me encanta tu pintura.

Manu Calderon, 2020

 

Soberbo!!!! .... em tudo, tema, abordagem, cor, movimento....

Carla Rosa, 2020

I hope you 'll come in Venice one day. I' d like to see your wonderful paintings.

Patrizia Nicolini, 2020

Martinho Dias, é fabulosa esta tua “Human Self-Machine”. Parabéns!!!! Tristes os comedores de moedas, que brilham até que lhes tirem a ficha. Já deves ter o stock esgotado, mas qualquer coisa que seja feita por ti é um tesouro valioso.

Maria João Félix, 2020

A minha impressão acabou de chegar...traço belíssimo. Estou mais "rica". Muito grata, Martinho Dias. 

Anabela Pascoal, 2020

Que grande confusão. Vai demorar dias a gerir e descodificar (ao contrário dos outros), mas, gostei e muito do quadro. Parecem migrantes no Mediterrâneo, mas o barco está no ar. 

Há "peças" fora do "baralho". Se calhar é esse o efeito pretendido. 

Não tem nada a ver com os Bispos, revisitações de Velasquez, crítica social ao Layoff, entrevista de emprego, migrantes no Mediterrâneo, etc. Nova fase? O tempo o dirá.

Rui Fernando Matias Carreira, 2020

Uma beleza! Com um movimento e força espetaculares. Os seus trabalhos são magníficos!

Helena Amaral Correia Romão, 2020

 

Hallo Martinho. Deine Bilder sind Klasse. Da fängt einem das Herz an zu stampfen.

Stefan Löbke, 2020

Olá Martinho, Quero dar-lhe os parabéns pelo seu trabalho, hoje estive com a família no ‘Espaço Exibicionista’.... estando agora a viver em Portugal, não podia deixar de ir.

Márcia Campos Brandl, 2020

Martinho o teu trabalho e fo c&%#$)=0 ahahhaha muito bom adoro mesmo e por acaso não sou de vir "bajular" artistas mas porra espero mesmo ver uma exposição ao vivo o mais breve possível.

Desy Ysed, 2020

 

Do tempo em que ainda podíamos ir a museus e exposições. Há 48h!

Assim sendo, fica a visita virtual para aqueles que não puderam ir ver a exposição "Penas", pintura de Martinho Dias no Centro Cultural e Congressos das Caldas da Rainha. É para ajudar a distrair neste período em que o tempo custa a passar...

Gostei mesmo muito. Fui parva em não ter filmado o filme final onde diversas mulheres cantam à capela o hino nacional do seu país. Muito belo. Estive sentada no chão a assistir e esqueci de registar.
Isabel Alexandra Junceira, 2020

 

Your ability as a painter is extraordinary and when you add your fantastic subject matter, it is wonderful work. I get compliments caught up in the brushstrokes before I study the “meaning!”

Nancy Poes, 2020

 

A exposição “Penas” é divertida e colorida... sem peneiras... O Martinho Dias, para mim, continua a ser um exemplo a muitos níveis.

Suzana Dias, 2020

I am in Argentina but I wish you all the best. Your paintings are super!

Sara Polledo, 2020

A mensagem, o olhar atento e crítico com uma expressão plástica de salientar.

Adriano Ramos, 2020

Pintura com muita espontaneidade e humor corrosivo. Mais atual, não pode!

J. Afonso, 2020

Obrigado pela viagem fantástica!

Mariana Andrade, 2020

I saw your paintings yesterday

I was having some doubts about my paintings.... and your work really inspired me

Thank you!

Richa Sirohi, 2020

Adorava ter ido ver estas pinturas tão cheias de vida e expressão em pessoa porém infelizmente ainda não foi desta. Continue com o excelente trabalho!

António Pina, 2020

Magnífico! Ao olhar para a tela sinto que estou dentro da sala de espectáculos.

Sandra Barbosa, 2020

Quadros de Martinho Dias. Crítica social, ironia, mensagens escondidas ou não, lindas cores, muitas horas de trabalho (várias personagens cores e elementos bem equilibrados num só quadro, por ex). Brinca com a pintura, os quadros e os temas não se repetem...
Rui Fernando Matias Carreira, 2020

 

Fantástico trabajo Amigo.. ARTE.. Un fuerte abrazo desde León, España!

Jero Muñoz, 2020

Gosto dos quadros. São fortes, expressivos, críticos e contam histórias...Parabéns. Ainda vou ter um quadro seu...

Milu Carvalho, 2020

 

O teu trabalho é fabuloso. As narrativas, o sentido de humor, toda a iconografia e lado pictórico, tão expressivo, que aqui fica aquém dos originais, claro, mas que sabe bem à mesma.

Paula Pires, 2020

 

EXCELENTE !!!........ Misturar as Couves com uma mesa Redonda é o Máximo !!

Maria João Santa Barbara, 2020

Parabéns amigo das artes! Gosto muito do seu trabalho que traduz tão bem a sociedade dos nossos dias. Pinceladas soltas, irregulares, onde tudo se vê.

Manuela Taxa, 2020

Fenomenal a desproporção, caso para se dizer que é uma pintura que toca a música bem alto!

João Silva, 2019

 

Estou tão contente e tão entusiasmado pela minha cidade, [Caldas da Rainha] receber uma exposição sua.

Paulo Caiado, 2019

 

Fico sempre muito agradado quando uma obra minha suscita reflexões espontâneas que vão além da técnica e das tintas.

A propósito do recente trabalho LICENÇA DE MATERNIDADE, recebi, de José Côrte, um texto escrito a partir do ventre da própria pintura. Com a devida autorização, não posso deixar de o partilhar:

...

[Há vinte e oito anos nascia sem licença nem subsídio de nascimento pelo facto da sua mãe não estar em situação laboral para tal, uma espécie de recibos verdes. Curiosamente, nessa altura trabalhava para o estado. Há quem diga que esses recibos já foram azuis, quem sabe, de outras cores também. O subsídio de nascimento acabou em mil novecentos e noventa e sete bem como o subsídio de casamento e o subsídio de aleitação. O abono de família deixou de abonar determinados escalões quando a famosa e conhecida crise bateu à nossa porta. Hoje espera pelo seu segundo filho na incerteza de ter uma licença remunerada, por ter usufruído de isenção, pois dependerá dos cálculos que comprovem o prazo de garantia de seis meses civis, seguidos ou interpolados, com registo de remuneração, à data do impedimento para o trabalho. O seu primeiro filho teve mais sorte, nasceu cinco meses e meio depois de ter acabado um contrato de um ano de trabalho, respeitando assim a condição de declarar rendimentos de, pelo menos, seis meses seguidos ou interpolados nos últimos doze meses. Como pai e avô, funcionário do setor público há 28 anos que sempre pagou os seus impostos, merecia mais dignidade para os meus. Aliás, mais dignidade para todos. Somos um dos países da Europa com menor taxa de natalidade. Corremos o risco de sermos seis milhões em dois mil e cem. 

Sentir-nos-emos confortáveis quando falarmos a uma criança, olhos nos olhos, sobre igualdade? Licença à maternidade é preciso. Licença de maternidade, se não é, deverá ser um direito da criança. "Licença de Maternidade" deveria estar na Assembleia da República, oferendada por todas a mães e pais deste país, quer trabalhem a recibos verdes ou não. "Licença de Maternidade" deveria estar bem à vista na "Sala dos Passos Perdidos" para que não percamos a corrida à natalidade. "Licença de Maternidade" deveria ser apreciada e sentida pelos fazedores de leis para que tenham sempre presente que a maternidade é uma dádiva. Eu quero um país, queremos um país, sem impedimentos para uma mãe grávida, sem filhos legislativamente segregados.]

José Côrte, 2019

Não sei porque Martinho Dias, faz me lembrar um Governante, ou seja sempre algo a responder! Já agora lhe digo as suas obras são uma homenagem a humanização!

Lourdes Lourenço, 2019

 

Leviatã, o monstro bíblico que inspirou Hobbes a escrever mais um Pacto Social, assente numa Lógica do Poder que hoje mudou de traje e, assumindo ele mesmo funções políticas, cresce e multiplica-se em democracia, de fato e gravata, julgando-se livre. Afinal são eles, os governantes os Lobos do Homem e o homem é hoje temido, a ser agrilhoado porque, no exercício da sua liberdade de expressão, constitui uma ameaça, nas suas verdades (in)convenientes. As questões são as mesmas, só mudou o figurino e os papéis, que democraticamente continuam a disputar, despudoradamente, o PODER!

Eis a razão pela qual podemos ficar com a certeza que o poder Absoluto não acaba com os monstros e que estes serão sempre monstros, ainda que disfarçados pelo Traje de Gala no Desfile das Vaidades democratizadas. Foi este o primeiro quadro que despertou a minha atenção. Parabéns, é magnífico. Desculpe, mas eu não consigo escrever pouco… Vejo figurantes que se podem enquadrar em contextos vários, sincrónica ou anacronicamente. 

Isabel Alexandra Freitas, 2019

Parabéns pelo seu magnífico trabalho Martinho! Conheci o seu trabalho através da L.L. que me convidou para participar com uma foto minha no seu futuro livro em que a capa terá uma obra sua.

Hugo Manita, 2019

 

Parabéns pelo seu trabalho de pintura muito bom. Ótima expressão não conhecia o seu trabalho seguirei a partir de agora.

Desy Ysed, 2019

Sou admirador da sua obra há muitos anos, também sou artista plástico e adoro as suas narrativas e estruturas gráficas! Felicidades e muito sucesso para o futuro!

Rui Albernaz, 2019

Admire ur paint strokes... Rapid & spontaneous .. full of expression! I’m a visual artist here and lecturer at a reputed art & design college. My current paintings strokes are going to be inspiration of your strokes.

Farah Faisal, 2019

 

Devo dizer-te que sou um grande fã do teu trabalho! Gosto da forma larga, expressiva mas simultaneamente precisa como trabalhas o figurativo num universo quase surrealista! És um grande artista!

Fernando Rocha, 2019

Martinho adorei o seu trabalho!! Tem um significado muito especial para mim porque são os meus pais e conheço bem todos os elementos envolventes representados na tela... A realização está excelente e foi uma bela surpresa para toda a família :) grande ideia mano Paulo Matias ! 

Marta Matias, 2018

 

O dia de hoje para mim é dos piores do ano, lido mal com a morte e custa-me imenso ir ao cemitério. Ainda tenho muitas saudades de quem lá está. Hoje precisava mesmo de ver coisas belas, de me sentir viva e feliz. Comecei pela exposição do Martinho Dias por quem tenho muita admiração e estima e considero um dos maiores pintores da actualidade. Passei para rever outros grandes, como Silva Porto e Marques Oliveira. Encantei-me com a menina de Soares dos Reis, fez-me lembrar a Francisca filha da Marta Campos Ferreira. E acabei completamente fascinada na Alfandega com a exposição do Steve McCurry. São 11€ muito bem gastos, as melhores fotos do mundo com explicação em áudio pelo autor. Supera em muito todas as expectativas. Uma tarde melhor que esta é difícil!

Maria Conceição Campos, 2017

Martinho Dias, o componente em foco da série "LEVANTADOS DO CHÃO" com destino à Coleção particular gerida por coARTco, Coleções de Arte Contemporânea – Porto, mantém um expressão conceptual e pictórica de grande qualidade.

Teresa Eça, 2017

Espetacular seu talento, suas obras, e essa perspectiva dimensional que abrange todos os espaços que consegue fazer presente.
Iria amar se um dia pudesse expor todas essas maravilhas aqui no Rio de Janeiro.
Lugares que iriam potencializar ainda mais as belezas de seu trabalho, e que iriam se fundir com as maravilhas existentes na Cidade Maravilhosa que é o Rio de Janeiro.
Parabéns Martinho Dias, você é um poeta das telas.

Altamir Costa, 2017

 

Caro Pintor Martinho Dias, tive imenso gosto em conhecê-lo pessoalmente e à sua família. Desculpe a minha abordagem, mas de facto foi um momento que não poderia ter deixado passar, pois tinha acabado de falar de Si e do seu trabalho. Desejo-lhe o Maior Sucesso, e quando fizer a próxima exposição em Lisboa, farei questão em estar presente.

Filipa Vieira de Brito, 2017

Muchas gracia amigo, tu obra es excelente y vibrante¡

Zenen Vizcaino Ortiz, 2017

 

Martinho, não me conhece e eu apenas o conheço através da sua obra que muito aprecio. Vi a primeira obra sua ao vivo em exposição no ISEG, logo na universidade onde estudei. Tenho observado atentamente as fotos dos quadros que vem publicando. Como gosto muito, tenho "roubado" as fotos das suas obras que estão guardadas no meu computador. Faço isso com todos os pintores que conheço e que gosto. Gostaria apenas de lhe fazer uma pergunta: posso publicar essas mesmas fotos na minha página de facebook, identificando-as claro está como sendo o autor delas?

Eu tenho feito isso com alguns pintores, principalmente quando vou às exposições. No seu caso preciso, e porque muito aprecio gostava de partilhar a sua arte com os meus amigos aqui destas lides cibernauticas. Penso que o que é bom, deve ser publicitado e conhecido.

Há artistas que nos surpreendem sempre, ou pela técnica, ou pela paleta de cores, ou pela temática abordada, ou ainda pelo bom gosto da conjugação destas três coisas. 

Assim acontece ao observar as obras deste jovem e talentoso artista plástico - Martinho Dias - Nascido em 1968, em Trofa, onde reside e trabalha. 

Licenciado em Artes Plásticas – Pintura, pela Faculdade de Belas Artes do Porto, expõe desde 1995, tendo realizado, até à presente data, diversas exposições individuais e coletivas, quer a nível nacional como internacional.

Como bem descreveu Álvaro Lobato de Faria, “A arte de Martinho Dias, extraordinariamente sensível na fluidez da linguagem das formas, na vigorosa materialidade da cor, na força e no encanto da sua evasão e do seu êxtase, é uma fascinante e esplêndida aventura espiritual e técnica.”.

Utilizo ainda aqui uma outra descrição de Pablo Picasso sobre "a vida de um quadro" e que também se me afigura adequado quando observo as obras do Martinho Dias:

"Um quadro não é pensado e resolvido de antemão. Enquanto ele está a ser feito muda conforme os pensamentos do artista mudam. E quando estiver concluído, também vai mudando, de acordo com o estado de espírito de quem está a olhar para ele. Um quadro vive uma vida tal como uma criatura viva, sofrendo as mudanças impostas pela nossa vida do dia a dia. Isto é bastante natural, tal como o quadro apenas vive através do homem que está a olhar para ele.".
João Maria Vilar, 2017

 

Fermi li!
Ecco una manifestazione interessante che ha un'anima Antiochense. Perché? 
Bella domanda! 
Perché sono ospiti della rassegna Artistica, tanti Artisti che hanno in comune una grande realtà "made in sant'ANTIOCO"...
Martinho Dias, Artista portoghese, approdato nell'Isola per partecipare alla già leggendaria Biennale Isola dei Colori, VI DICE QUALCOSA?
E ANTONELLO CALABRÒ? Gia affernato Artista e Ideatore della Biennale di pittura "Isola dei Colori"?
E che dire di Salvatore Filia? Un mito che ti sorprende col suo genio... ogni volta che lo incontri.
Questi sono solo alcuni degli Artisti che potrete "gustare " dal 15 dicembre a Carbonia presso "Italy". 

Pierluigia Troncia, 2017

Sjajno!  Martinho Dias uvek ima snaznu poruku. Svaka njegova slika je novi dogadjaj.

Buba Glodjovic, 2017


Martinho Dias, a sua Pintura está Magnífica... Pintar esta Obra de Velázquez... desconstruindo-a... até a Princesa Margarida de Espanha se sentiu rejuvenescida na história da Pintura.

Ana Carita, 2016

I like your collage, and I like the Goya collage. Witty but serious too. At least you can express your feelings about your government through your art and get it out of your system. I am so enraged with our governemt I don't know what I would produce if I started to work with overt political ideas. I love your series of drawings withe the pope and crowds and the boats and landscape, they are wonderful.

Patricia Murphy, 2017

DEIXA KE TE DIGA: TENS UMA OBRA FABULOSA. ESPERO VÊ-LA AO VIVO. TU ÉS UM ARTISTA E NÃO UM PINTOR!

João, 2017

 

Agradeço a sua amabilidade na atenção que teve para a aquisição da obra 'A anunciação de Gabriel a uma ovelha vulgar'. Obra de muita qualidade que muito me vai agradar que fique exposta em minha casa. Tudo de bom para o pintor Martinho Dias e continuação de um bom trabalho!

Joaquim Duarte, 2016

Bom dia Martinho, estive a ver um dos teus vídeos ...o teu trabalho é fantástico fico parado a observar, adorei aquele que tem brinquedos...e o teu figurativo tem um traço que gosto muito . Merecias muito mais reconhecimento pelo teu trabalho ...aquele Abraço Martinho e parabéns!

Jaf Art, 2016

Fantástica. Esta ácida maneira de fazer e traduzir ideias e ideais é fantástica. GRANDES PINTURAS.

Carlos Vicente, 2016

 

Os seus trabalhos são absolutamente enérgicos, plenos de atitude.

Francisco Silva Pereira, 2016

É claro que não me recordo de todas as exposições que já vi na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, mas esta foi, com toda a certeza, das que mais apreciei. Parabéns! Não conhecia o artista. Gostei da cor, da simbologia, da precisão do detalhe, do cinismo. Curiosamente, com “Maria Moisés” senti-me até a emocionar com aquelas imagens de felicidade tão presentes nas brincadeiras de criança ali representadas a que a publicidade dos nossos dias também não é alheia.

Pedro Afonso Vila Nova, 2016

 

Martinho Dias, peço que me explique qual a relação ou o que há de comum entre os elementos da sua maravilhosa obra. Sou admiradora profunda da obra José Saramago ( aqui, personagens do Memorial do Convento, Baltasar e Blimunda ), o nosso grande Fernando Pessoa e a não menos poderosa Passarola.

– Martinho Dias: Eu apenas quis trazer para este pequeno trabalho, dois grandes nomes da nossa literatura: Pessoa e Saramago – grandes, não somente pela forma como trabalharam as palavras comuns a todos nós, mas também pelas verdades desvendadas acerca do tempo presente – o deles e o nosso.
O interesse da obra vai para além do que está representado – está sobretudo na personalidade de cada interveniente. 
A obra reporta-se a mais dois ou três (ou mais) personagens que me parece estarem a fazer falta no tempo presente. Se não conseguirmos voar na Passarola de Bartolomeu de Gusmão, pelo menos juntemo-nos à equipa ‘Baltasar e Blimunda’, respetivamente, Sete-Sóis e Sete-Luas.
Está provado que não há problema se formos todos manetas ou se não conseguirmos ver as pessoas por dentro. O problema é quando alguém queima os sonhos e as “vontades” de outrem – pode ser na fogueira da Inquisição ou noutra qualquer, com um nome diferente.

– Paula Lopes Muito obrigada, Martinho Dias. Adorei a sua descrição tão clara e desapaixonada... Algo crua, até. Sou uma admiradora das suas magníficas obras.

Paula Lopes / Martinho Dias, 2016

 

Your works seemed to me fool of the energy, they interesting and contemporary.

Yakubovich Yulia, 2016

Fantastic paintings. Totally unique to each plant Eljero a component of a large painting of a single detail. For example, if it was a pleasure for me. this file. (Unique technology and works AMAZING!

Henriette Hinkelmann, 2015

Je maintiens, tu es le peintre le plus extraordinaire qu'il m'a été donné de rencontrer. Je t'ai vu à l'œuvre, tu es un cadeau de Dieu et ta famille suit exactement tes gestes particuliers au pinceau que je n'oublierai jamais.

Mireille Rohr, 2015

Wow,,....Great job! really stunning! I'm just an Art lover whom like your paintings so much. I love it! Although I don't live in Europe. I'm persian and live in Toronto!

Sahar Khanboluki, 2014

 

I really love your paintings. They are very inspirational for my own work. Thanks.

Jonathan McAfee, 2014

dear martinho, i say thanks for accepting! glad to ´meet´you. i just discovered your art. i came across it while watching stuff from christina troufa. i am totally impressed by your work. i like the way you combine the different details to a big new world.i also favour things like that. i am painting as well, trying my best now for some time. really love it and will start studing as well.

you are truly one on my favourite artists...Thank you for your amazing work and spirit...keep it up you're a genius at what you do.

Nour Belal, 2014

Não tenho dúvidas de que a tua pintura nos faz lacrimejar e brotar rebentos reflexivos. A lágrima rega o olhar seco do homem contemporâneo. É uma gota de suor como "gratificação" ao trabalho no dia a dia.

Edgard Oliva, 2014

 

Hola Martiño, mirando tus obras, me digo, sos muy bueno, y me gusta mucho, tienes un estilo que me recuerda a CARLOS ALONSO, pintor argentino, al que admiro profundamente, espero poder ver algun dia en vivo y en directo tus obras, ya que estamos un poco lejos, tu vives en Portugal y yo en Argentina, saludos!!!

Nalló Borg, 2014

Boas noites Martinho. Chamo-me Emanuel e sou também pintor. É apenas para o felicitar pela excelente obra! Fica-nos na alma! Um grande bem-haja!

Emanuel De Sousa Fernandes, 2013

 

The Global Village Project in Alkmaar is beautiful, Martinho and your work is hanging on a perfect spot, solid white walls and a concrete floor are the best friends for your colourful amazing art. I was impressed by them, reality is so much better than a picture.

Emmy Verschoor, 2012

 

The highly decorative and fascinating art works of Martinho Dias, is extremely eye catching. In each painting, there is an increasing variety of sources of cultural and traditional impression with golden treasures of colors, stand open to my gaze.

Shala Rosa, 2011

Martinho é um artista pronto para o futuro - sua obra é a mais pura representação da pintura realmente comprometida com a verdade e merece todos os créditos. Bravo aqueles que não se furtam a tamanho prazer.

Paulo Vergolino, Curador, 2011

 

Martinho Dias art indicates high technical capabilities, great courage and a fascinating creativity. No doubt his work has afresh new aspect of post-modern art.

Yona Levy Grosman, 2011

 

Nice to have met you on Facebook. Seeing your work makes my day.
‎Jan van der Ster‎, 2011

 

Martinho's work is significant enough for me to comment on. You'll see it immediately once you view his pieces. He has taken a back set to no one when it comes to placing wit & sensability in one canvas.

Rich Collins, 2011

Martinho is a fine artist with a distinctive identity of his own, very emotional with motifs of history, politics and art. For me, Martinho has a powerful way to challenge intellectually the observer (me). I can sit for a long time looking at his paintings with immense joy.

Cristina HMelo, 2011

 

Je découvre vos oeuvres ce soir et ... vraiment c'est saisissant ...qualité du dessin, instantanéité des sujets, cadrages quasi photographiques ...
quel talent !

Franck Poirson, 2011

bonsoir et merci je suis tombée sur les peintures qui sont en dessous et voila!!! c'est magnifique, et la créa je connais, c'est trés graphique, art graphique, une rareté sur FB, je dois dire, alors merci
‎Valérie Val Lenoir‎, 2010

I hope you remember me, i looked your art(painting)it is amazing, wonderful, you are really talented.

Anis Moin, 2010

Creio que eu já tinha vista a tua obra en algún lugar de internet.

Acho que My Art Space ou Saatchi Gallery - Your Gallery. As tuas pinturas são muito boas, por isso que voce vai expondo por aí: Lisboarte, etc.

Tenho uma galerista en Portugal que está pedindo que eu faça uma exposiçao no Porto.  Se vou para Portugal, sería bom ver a tua obra. Para ir facilitando o contacto, te convido a fazer parte de FACEBOOK. Estou com um grupo de artistas e é muito bom. Te espero entao en FACEBOOK.

Davis Lisboa, 2008

 

The ‘Written Paintings’ are fantastic and I should say that you did a great job and that you’re a good talented artist...

S’thule Sikhangele – Train of Freedom, It’s beautiful and well done, also with good Artwork. I love it so much and I thank you for engaging me in your project.

Dumisani ‘Ramadu’ Moyo, 2005

Eu sei tanto de pintura como o meu amigo sabe de composição. Contudo sou extremamente sensível à sua arte e fiquei maravilhado com a dose inacreditável de contraste expressivo entre a Deploração e a Paisagem Onírica. É profundo e irónico ao mesmo tempo. Tem centelha!

Eurico Carrapatoso, 2005

 

It’s so close to what I was seeing, and there is a real depth and richness that

I like. I’ve been meaning to write you and tell you that I’m grateful and appreciative of your work.

Michael Cain, 2004

 

I really like your interpretation and I like that the result is exactly what I wanted: and that means that the score is really a score, something that somebody else can reproduce and ‘perform’. Obviously different scores can expect different results, some may allow more unexpected things, more chance, more ‘noise’, but here is not so much of that: there is just the trace of the interpreter in it, adding a pictures, the very red and the very black one...  I like that!

Peter Ablinger, 2004

I am very delighted and pleased about response to my writing.

Congratulations on your interesting work.

Pauline Oliveros, 2004